Psicosaber

Filme da Semana – Procurando Nemo

Posted on: 14/05/2009

procurando-nemo-poster04Este filme conta a história do filho (peixinho Nemo) que desobedece às ordens do pai e é capturado e levado para outra cidade. O pai vai resgatá-lo e este tenta de várias formas retornar à sua casa. Fato de Nemo ser filho único, com deficiência numa das nadadeiras e de sua mãe ter morrido, leva o seu pai a ter um comportamento de proteção excessiva. O cuidado excessivo do pai leva o filho a querer se aventurar de forma irresponsável, o que acaba colocando-o em perigo.  O filme é um ensinamento para pais e filhos: os primeiros podem e devem colocar limites em seus filhos sem ser autoritários, sempre demonstrando claramente os motivos e os filhos respeitarem seus pais sem que seja necessário discussões, ou seja, que podem conviver harmoniosamente dialogando e compreendendo as razões das duas partes.

 

Colaboração: Ruth Mello

About these ads

2 Respostas to "Filme da Semana – Procurando Nemo"

Este filme é muito interessante por que trata de um tema muito importante, o convívio familiar, ou pelo menos o quanto ele faz falta à formação das crianças.
Por seu pai ser demasiadamente protetor, acaba probindo o seu filho (Nemo) de participar de fazes que são essenciais para a formação dele, como por exemplo ir à escola. Lógico que peixes não vão à escola, mas é dessa forma que o autor faz com que as pessoas percebam o quanto o protecionismo demasiado dos pais pode prejudicar os filhos. Quem sabe se sua mãe não tivesse morrido, o seu pai seria mais controlado. E é nesse ponto que é dado importãncia no papel da mãe em uma família, na falta faz e que provoca um equilíbrio emocianal, pois esse pai já estava amedrontado da vida e por esse motivo não contribuía para uma boa formação de seu filho. Mas, como em quase todo conto infantil, tiveram um final feliz, quando os dois, de uma forma incrível, se encontraram, depois de grandes aventuras e apredizados, que com certeza, mudou para sempre o convívio familiar deles.

O trauma do pai, a perda, cria um mecanismo de defesa chamado Deslocamento que é quando um individuo “o pai de Nemo” apresenta sentimentos em relação a uma pessoa “Nemo” que, na verdade, lhe representa uma outra do passado ” a Mãe Coral de Nemo”. Assim a proteção que supostamente ele deveria ter tido com Coral agora o pai tem exageradamente com o filho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 125 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: