Rivalidades históricas

por Sílvio Anaz

Disputas militares, lutas por supremacias continentais e sequelas das relações entre colônias e metrópoles estabeleceram ao longo da história várias rivalidades entre as nações do globo. Culturalmente, essas inimizades renderam, entre outras coisas, muitas piadas sobre a arrogância ou a burrice da população do país adversário e também esquentaram as competições esportivas. Esse tipo de inimizade histórica, mesmo quando não é beligerante, continua presente em todas as partes do mundo, não importa o grau de desenvolvimento e riqueza das nações envolvidas.

Os franceses, por exemplo, são alvo de chacotas de seus vizinhos continentais e também de ex-colônias. Considerados arrogantes por belgas, ingleses e canadenses, eles também são alvo de piadas sobre sua suposta pouca afeição à higiene pessoal. Para ilustrar isso, seus vizinhos belgas adoram contar que a melhor maneira de esconder algum dinheiro é debaixo do sabonete de um francês. Claro que tal provocação não ficaria sem revide e os franceses gostam de inventar piadas sobre a parca inteligência dos belgas, assim como os brasileiros fazem com os portugueses. Nas próximas páginas descubra quais são e as origens de dez das maiores rivalidades históricas que atualmente rendem muito deboche.

Portugal x Espanha
Nos séculos 15 e 16 Espanha e Portugal achavam que eram donos do novo mundo que surgia com a era das grandes navegações e das descobertas marítimas. Eles acreditavam tanto nisso que até firmaram um acordo, chamado de Tratado de Tordesilhas e assinado em 1494 (após a descoberta da América e antes da do Brasil), dividindo o mundo a ser descoberto meio a meio. Mesmo com o acordo, os dois países não pararam de travar disputas militares e políticas por territórios principalmente na América do Sul. Para piorar, devido a uma crise na sucessão do trono português, o país ficou sob a regência de três reis espanhóis no período de 1580 a 1640, e que terminou com uma guerra entre as duas nações. A submissão a Espanha alimentou a bronca dos portugueses em relação à população do país vizinho e, como não poderia deixar de ser, trataram logo de inventar várias piadinhas sobre a pouca inteligência dos espanhóis.

Brasil x Portugal
Como em quase todas as relações entre colônias e metrópoles, esta deixou algumas sequelas. Da mesma forma que ingleses e norte-americanos ou que espanhóis e argentinos, o ranço entre brasileiros e portugueses resiste no campo cultural e rende muitas piadas principalmente sobre a falta de inteligência de um em relação ao outro. Os portugueses adoram enfatizar a falta de precisão no uso do vocabulário da língua portuguesa pelos brasileiros, que retribuem com piadas sobre a burrice dos ex-colonizadores. Para o historiador Elias Thomé Saliba, autor do livro “Raízes do Riso”, as piadas sobre portugueses seriam uma espécie de vingança dos brasileiros em relação aos colonizadores, a partir do uso de estereótipos e de um humor que faz parte da rivalidade entre grupos.

Estados Unidos x Canadá
Além de conviverem com uma divisão linguística, resultado de terem sido colonizados por franceses e ingleses, e com alguns movimentos separatistas, os canadenses ainda têm de aguentar a constante gozação de seus vizinhos do sul. Em talk shows, filmes e animações, como “Os Simpsons”, os americanos vivem debochando dos canadenses, a quem não consideram lá muito inteligentes. Algumas das razões para essa rivalidade vêm do comportamento social e político muito progressista dos canadenses, na visão de alguns americanos, e das disputas no campo esportivo, notadamente em competições de hóquei e esportes de inverno. Apesar de ser um dos maiores parceiros comerciais dos Estados Unidos, vários comentaristas políticos americanos adoram cutucar o vizinho do norte, principalmente após o Canadá não ter apoiado a invasão do Iraque. Em episódios de “South Park”, por exemplo, o ditador iraquiano Saddam Hussein é ironicamente retratado como um canadense.

Argentina x Espanha
Esta é outra rivalidade que remete à herança dos tempos coloniais. Da mesma forma que os brasileiros brincam com a suposta falta de inteligência dos portugueses, os argentinos fazem o mesmo com os seus ex-colonizadores. Só que neste caso os espanhóis revidam ironizando a arrogância dos argentinos (aliás, característica que também é explorada em várias piadas brasileiras sobre os vizinhos). Uma das piadas mais comuns na Espanha sobre “los hermanos” diz que para um argentino se suicidar basta subir em cima de seu ego e pular. Com bom humor, os portenhos revidam falando que o espanhol Pepe ao voltar de Las Vegas contou que jogou em um caça-níquel sensacional. Ele punha uma moeda e ganhava, punha outra e ganhava novamente. No fim, Pepe desistiu de jogar porque não sabia o que fazer com tantos refrigerantes.

Suécia x Finlândia
Está enganado quem acredita que nos desenvolvidos, ricos e não-alinhados países nórdicos não há inimizades entre seus povos. Uma das mais tradicionais rivalidades culturais é entre suecos e finlandeses. Para os suecos seus vizinhos ao oriente são porcos, grosseiros e beberrões. Já os finlandeses revidam fazendo troça da suposta homossexualidade dos suecos. Essa “inimizade” tem raízes também numa espécie de relação colonizador-colonizado, afinal a Finlândia foi parte do reino da Suécia durante séculos – desde os tempos medievais até os suecos perderem a parte oriental de seu território numa guerra contra a Rússia no começo do século 19. O jeito de falar e de se vestir dos finlandeses também é alvo de troças por parte dos suecos. A rivalidade entre os dois países é forte também nos esportes, além de suecos e finlandeses gostarem de ficar comparando qual deles possui a economia mais forte. Coisa de nórdicos.

Inglaterra x França
Essa é uma rivalidade que chegou várias vezes a via de fato. Inglaterra e França foram inimigos bélicos em várias ocasiões. Os conflitos militares foram tantos em um determinado momento – entre os séculos 14 e 15 – que o conjunto deles recebeu o nome de Guerra dos Cem Anos. As disputas entre os dois países não se restringiram a Europa e ocorreram também nas colônias de ambos na América durante o século 18. Além disso, a expansão do império francês de Napoleão Bonaparte,  no começo do século 19, foi detida principalmente pela Inglaterra. Séculos de rivalidade deixaram como legado cultural constantes gozações feitas pelos ingleses em relação à arrogância francesa e as suas várias derrotas militares. 

Austrália x Resto do mundo
Assim como os franceses, os australianos são alvos de piadas de vários povos. Primeiro são seus ex-colonizadores, os ingleses, que adoram contar piadas sobre como os australianos são viciados em sexo e em bebidas. Depois, há os vizinhos neozelandeses que gostam  de zombar da suposta burrice dos habitantes da Austrália. Os norte-americanos também concordam que os australianos não são lá muito inteligentes e aproveitam também para fazer piadas sobre seu subdesenvolvimento e, claro, sobre o inglês falado no país. Alvo de tanta zombaria internacional, os australianos resolveram descontar nos vizinhos mais pobres da Tasmânia com piadinhas sobre o subdesenvolvimento dos tasmanianos.

México x Estados Unidos
Além de vizinhos, o que já é um bom ingrediente para rivalidades culturais, Estados Unidos e México travaram várias disputas territoriais desde os tempos em que eram colônias de Inglaterra e Espanha. Tais disputas resultaram em anexações de metade do território mexicano pelos vizinhos do norte (entre elas, áreas que correspondem atualmente ao Texas, Novo México, Califórnia e Nevada). Como não poderia deixar de ser, tanta briga deixou nas duas culturas várias piadas sobre os vizinhos. Os mexicanos, por exemplo, adoram debochar da suposta burrice dos norte-americanos e de suas obras e comportamentos exagerados. Já os americanos gostam de fazer piadas sobre a imigração ilegal e o machismo dos mexicanos.

Brasil x Argentina
A rivalidade entre brasileiros e argentinos vem desde os tempos coloniais, que naquela época refletia as disputas territoriais entre os colonizadores portugueses e espanhóis. Após a independência de ambos, essa rivalidade passou a ser pela hegemonia política, econômica e militar  sul-americana. Um dos últimos conflitos diplomáticos entre Brasil e Argentina aconteceu nos anos 70 durante a construção da usina hidrelétrica de Itaipu. Culturalmente, essa “inimizade” gerou estereótipos, como o do argentino arrogante, que alimenta a maioria das piadas brasileiras sobre “los hermanos”. O auge dessa disputa atualmente se dá nos campos de futebol quando as seleções dos dois países se enfrentam, fazendo um dos clássicos mais importantes e tradicionais do esporte no mundo.

Inglaterra x Irlanda
Os ingleses adoram contar que para afundar um submarino irlandês basta bater na escotilha e esperar alguém abri-la. A falta de inteligência dos irlandeses é um dos alvos de chacotas constantes dos ingleses, que também adoram zombar do subdesenvolvimento da ilha vizinha. A rivalidade entre ingleses e irlandeses vem de rancores ancestrais entre os dois povos. Há cerca de cinco séculos, a Inglaterra ocupou a ilha da Irlanda, o que deu início a um conflito político e religioso duradouro. Os católicos foram perseguidos e retirados de suas terras. Somente no século 20, a partir de uma série de revoltas, a população católica da Irlanda  conseguiu a independência formando a República da Irlanda. Mas a parte norte da ilha, onde os protestantes eram maioria, continuou atrelada a Inglaterra formando a Irlanda do Norte. A situação gerou décadas de violentos conflitos e milhares de mortes.

Fonte: http://pessoas.hsw.uol.com.br/10-rivalidades-historicas.htm

Anúncios

4 comentários em “Rivalidades históricas

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: