Entenda a diferença entre terapia comunitária e psicoterapia

Carla Prates
Especial para o UOL Ciência e Saúde

Entenda as diferenças entre a terapia comunitária, criada pelo médico Adalberto Barreto, e a psicoterapia:

– A terapia comunitária pode ser feita em qualquer ambiente, parque, escola, postos de saúde; em qualquer lugar que tenha um grupo de pessoas reunido sob a condução de um ou mais terapeutas comunitários. Na maioria das vezes acontece em comunidades mais pobres, mas há rodas em empresas e até uma realizada com deficientes auditivos.

– Não é preciso frequência esporádica. Ou seja, é possível ir a uma roda e voltar duas ou três semanas depois. Cada roda é um ato terapêutico com começo, meio e fim. O benefício que se tem é obtido naquela conversação específica, naquele momento. Na psicoterapia de grupo é preciso ir a várias sessões para se entender um processo.

– O foco não está na doença e sim no sofrimento.

– Não há um aprofundamento do caso e nem um terapeuta conduzindo e interpretando os sentimentos e emoções do paciente com base em teorias da personalidade.

– Tem etapas, princípios e regras de funcionamento. Além de se basear em fundamentos próprios (Teoria da Comunicação, Pedagogia de Paulo Freire, Conceito de Resiliência, Teoria Narrativa e Pensamento Sistêmico).

– O terapeuta comunitário não precisa ser formado na área médica, pode ser uma liderança comunitária, um assistente social ou um educador, por exemplo. Mas é preciso ter formação em terapia comunitária.

Fonte: Uol

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: