Minha deusa

Tu vens. E como uma deusa
Me arrebatas. Com um só olhar
Me desarmas, num desfolhar
Deste servo que te endeusa.

Tu és minha estrela e eu teu amado,
Que tudo dá por um só beijo teu.
Que tudo o que é, foi e será te deu
Somente para te amar neste amor indomado.

És minha deusa e eu teu consorte.
Em nosso duplo sacrossanto templo,
Unido a ti, em êxtase te contemplo,
Ultrapassando a vida e a morte

Além de mim, onde tudo se completa,
E de ti, onde aquilo em que se penetra
Não se confunde, mas se interpenetra
Em incontáveis dimensões locupletas.

 

(Eduardo Magalhães .’.)

Anúncios

Um comentário em “Minha deusa

Adicione o seu

  1. =O
    =O
    =O
    Lindo,
    Lindo,
    Lindo….
    Romântico, sensível, ao ler me remeteu a um sonho..um vislumbre…amei…até agora..it`s the best!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: