Mãe amada

Abraça-me, Mãe Amada, Virgem Santíssima!
Envolve-me com teu manto de amor!
Acende meu fogo sagrado,
Transpassa-me, retira-me a dor!

Seca minhas lágrimas, ó Justíssima!,
E intercede junto a Nosso Senhor,
Pois necessito de Ti,
Santa mãe do Deus de amor.

Beija-me a fronte, ó Dulcíssima!
Pois no Teu ósculo bendito
Recupero minhas forças
E, uma vez mais, do sepulcro, ressuscito.

Liberta meu coração, ó Altíssima!,
Que minha alma irá em seguida.
Pois no arrebol onde estás
Só vão os que abandonam a vida.

(Eduardo Magalhães .’.)

Anúncios

Um comentário em “Mãe amada

Adicione o seu

  1. Boa noite Eduardo,
    Um poema fantástico, lindo e com uma sonoridade musical.

    Falando-lhe agora do meu livro, foi lançado no passado dia 11 de Dezembro. Já enviei alguns para o Brasil, se ainda estiver interessado contacte-me para este e-mail, e eu dou-lhe todos os pormenores.

    apvsmartins@hotmail.com

    Beijinho,
    Ana Martins

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: