Tumblr faz sucesso com reflexões sobre angústias da adolescência

Sabe aquele colega de sala que adora fazer desenhos em cadernos, mas não mostra para ninguém? Pois é, a vida de Taylor-Ruth Baldwin, de 17 anos, nos pacatos subúrbios de Indiana, nos Estados Unidos, era mais ou menos assim. Era. Em agosto do ano passado, uma amiga resolveu postar alguns de seus desenhos sobre as angústias da adolescência no Tumblr. A repercussão foi tão grande que ela resolveu criar o seu próprio perfil no misto de rede social e blog: o thisishangingrockcomics.tumblr.com. O sucesso foi tão grande que sua vida virou de cabeça para baixo.

Seu Tumblr, que recentemente ganhou como ilustre membro o presidente dos Estados Unidos Barack Obama, chegou até as páginas da prestigiosa revista “Wired”. Os desenhos representam, normalmente, adolescentes refletindo sobre as suas (inúmeras) crises. Num deles, uma garota vestida com a camisa de Tom Waits diz: “bem, antes de tudo, os adolescentes são muito duros consigo mesmos. Alguns sabem como esconder isso sob um véu de falsa autoestima, mas eles não me enganam”.

Em outro, um garoto pensa: “eu sempre ouço os adultos falando como os adolescentes pensam que são invencíveis. Mas eu observo o oposto. Eu tenho medo de tudo. Medo de morrer, medo de viver. Mas eu sou imprudente de qualquer maneira, porque percebo que não tenho nada a perder. Eu não sei, eu apenas não me sinto invencível. Mas bem que eu gostaria de ser”. Apesar do tom deprê, a menina que atende o telefone para a entrevista tem uma euforia juvenil.

– Era um verão meio chato, não tinha muita coisa para fazer, então decidi começar. Eu estava entediada. Foi minha primeira experiência. Antes de ter o Tumblr, eu mal entrava no Facebook. Foi e ainda é tudo muito novo e estranho para mim. Continuo me sentindo uma estranha na internet. – conta Taylor-Ruth. – Eu atraí mais atenção do que tive no resto da minha vida. Foi muito estranho, não estava acostumada a ser reconhecida ou chamar a atenção. Meus amigos sobre quem fiz vários desenhos começaram a ficar preocupados. Foi estranho para eles também. Isso mudou a minha vida de diferentes maneiras. Meus professores todos conhecem o meu blog e leem, é estranho. Vários outros colegas leem também.

Para quem nunca tinha estado sob os holofotes, ficar no centro das atenções não foi propriamente confortável. A garota conta que, apesar de receber várias mensagens de apoio, foi vítima também da legião de trolls que rondam a rede. No início, as duras críticas a faziam sofrer, mas agora acha que amadureceu e nem liga mais para o que os “haters” estão falando dela.

– Por causa do sucesso, sempre há pessoas que vão te odiar. No início foi muito duro para mim receber críticas, ficava completamente arrasada. Aí eu percebi que nenhuma delas me conhece, nunca me viu. No começo, queria que todo mundo gostasse de mim, mas cresci e agora, honestamente, nem ligo para o que falam. Quando aparece uma mensagem assim, sigo em frente. Ser popular na internet ou na vida real faz com que você crie uma casca grossa.

Apesar de ser uma celebridade on-line, Taylor-Ruth continua passando o seu tempo gravando coletâneas em fitas K7 que ouve no seu walkman. Além de se perder entre fitas VHS guardadas em casa. Uma menina “retrô”, seus quadrinhos fazem referência não só a Tom Waits, mas também a The Doors e outras bandas da antiga. Em busca do equilíbrio em meio ao terremoto que tomou a sua vida nos últimos meses, ela ainda não pensa em faculdade após o fim do colégio, no meio do ano que vem. Mas deixa escapar que a brincadeira pode se transformar em graphic novels e até mesmo seriados de TV. Nada mal para quem nem sonhava que suas dúvidas fariam tanto sucesso.

Fonte: D24am

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: